QUANDO?

DE 6 A 9 DE MAIO

Casa Flora foi a parceira oficial de vinhos da APAS Show 2018

16/05/2018 - Expositores

31855345_1941480719204141_1490814067911163904_n

Pelo segundo ano consecutivo, a importadora Casa Flora foi a parceira oficial de vinhos da APAS Show 2018. O diretor Comercial da empresa, Antônio Pereira Carvalhal Neto, conversou com o Blog do evento e abordou temas como a recente explosão no mercado de cervejas no Brasil, novidades e expectativas para o futuro e as estratégias para enfrentar os desafios econômicos, que se refletem no consumo de produtos que a empresa possui no catálogo.

Blog APAS Show: Com mais de dez anos de parceria, qual a importância da APAS Show para a Casa Flora?

Antônio Pereira Carvalhal Neto: Enxergamos que as pessoas que participam da APAS Show são os clientes que nos relacionamos durante o ano inteiro. Para a Casa Flora, é muito importante para apresentar nossos produtos de forma direta e não só pelos catálogos. Todo ano tentamos trazer novos produtos nas categorias de vinhos, alimentos e bebidas para a APAS Show, e isso é as categorias de forma clara aos supermercadistas.

Blog APAS Show: Apresentar novos produtos para a APAS Show é uma constante para a Casa Flora. Com base nessa informação, quais são as novidades que a empresa trouxe para esta edição do evento?

Antônio Pereira Carvalhal Neto: Para este ano trouxemos um vinho Rosé de Provence, que está sendo um sucesso entre os nossos clientes. Além disso, fortalecemos o movimento cultural do mercado para melhorar o consumo com uma linha de embutidos e a marca de cerveja Paulaner, que sustenta o portfólio de cervejas. Apesar de todas as novidades na linha de produtos da Casa Flora e do crescente comportamento do consumidor em experimentar novas marcas de cerveja, a Paulaner, por exemplo, é o produto que dá segurança ao consumidor de cerveja. Ou seja, mesmo que ele experimente novas marcas com frequência, continua presente na lista do consumidor.

Blog APAS Show: Há algum tempo já se percebe que o mercado de cerveja no Brasil está cada vez maior e ocupa mais espaço nos pontos de venda. Na sua visão, existe outra categoria ou produto que possa repetir essa tendência?

Antônio Pereira Carvalhal Neto: Esse movimento que percebemos com cervejas artesanais e importadas nos supermercados surgiu nos últimos anos e com a presença pouco mais marcante no Brasil. Acredito que pegou carona no mercado de vinhos.

Estamos falamos do mesmo consumidor, só que em momentos diferentes, ele prefere vinho ou cerveja. Pensando em uma nova categoria que possa repetir esse movimento, talvez o Gyn, que nos últimos anos se destacou bastante no mercado internacional, já que acompanhamos as mesmas tendências americanas e europeias.

Blog APAS Show: A crise econômica pela qual o Brasil começa a mostrar sinais de recuperação diminui o consumo de produtos que podem ser considerados supérfluos, como por exemplo, bebidas e alimentos embutidos. Como a empresa se preparou para passar por este momento?

Antônio Pereira Carvalhal Neto: Sem dúvidas as incertezas políticas deixam o consumidor mais retraído na hora de fazer compras e isso afeta diretamente a distribuição desses produtos aos supermercados. Por isso, é muito importante oferecer a experimentação do produto nas lojas e, assim, criarmos oportunidades para as novas marcas.

Nesse caminho, o maior desafio é fazer com que os supermercados acreditem no produto e levem-no para aos consumidores. Uma vantagem da Casa Flora é estar há 48 anos no mercado, mantendo um relacionamento aberto com os supermercados, o que nos dá abertura para inserir novas marcas e categorias de produtos nas lojas.

Blog APAS Show: Após mais uma edição de parceria na APAS Show 2018, tendo o vinho Santa Carolina como o oficial do evento, quais são as perspectivas da empresa para os próximos anos?

Antônio Pereira Carvalhal Neto: Hoje somos a segunda geração da Casa Flora e as perspectivas são melhorar a qualidade de consumo para as pessoas. Em 2019, o foco da Casa Flora será fazer com que novos supermercados se sintam à vontade em oferecer qualquer item de nossas categorias.

Sabemos que o cenário político brasileiro influenciará muito nisso e, como sempre fazemos, observaremos outros países em relação às tendências de consumo para promover experiências cada vez mais vivas. Além disso, talvez a Casa Flora consiga fornecer não só o vinho oficial do evento, como também outros itens.