QUANDO?

DE 6 A 9 DE MAIO

Empresas chilenas destacam participação no maior evento do setor

16/05/2018 - Sem categoria

Com o objetivo de intensificar a parceria e fortalecer os laços com o mercado brasileiro, o ProChile, escritório comercial do vizinho andino no país, trouxe 19 empresas à APAS Show 2018, com foco em apresentar as novidades e estreitar o relacionamento com os distribuidores e importadores locais.

“Vimos um grande interesse por nossos produtos em diferentes formatos. Sem dúvidas, cumprimos nossas expectativas de participação na APAS Show”, afirma Matías Rodriguez, gerente Comercial da Southern Walnuts, exportadora de frutos secos, que logo na primeira ação comercial no Brasil, firmou um contrato de US$ 150 mil com um importador de São Paulo, o que equivale a 5% das vendas.

O setor de frutos do mar foi outro que conquistou bons resultados no evento. A exportadora St. Andrews comprometeu a venda de um grande volume da produção.

“Tudo indica que vamos embarcar 150 toneladas nos próximos seis meses para nossos atuais clientes. E temos um potencial de 50 toneladas adicionais para novos compradores”, diz Pedro Ovalle, gerente de Vendas da Companhia.

A grande maioria dos expositores já têm parcerias estabelecidas com empresas brasileiras e pretende ampliar a representatividade por meio de novos acordos. Este foi o caso de Pablo Aguilera, da Viña Perez Cruz:

“Voltamos à APAS Show com o intuito de diversificar nossos parceiros, para ter uma maior sustentabilidade comercial”.

A Fruselva America é outra já consolidada no Brasil em busca de novas oportunidades de negócios. A empresa, que comercializa extratos vegetais e de frutas em pouchs, por meio do modelo Private Label, está há 1 ano e meio nas gôndolas brasileiras com a marca Pic Me.

“Esta é a nossa terceira participação e recebemos muitos visitantes interessados em futuras negociações”, declara a representante da empresa, Natália Ortiz.

O estande ainda abrigou as vinícolas Requingua, Aresti, Butrón Budinich, Pérez Cruz, Via wines, Terraustral, Cremaschi Furlotti, Aura wines, grupo Viñedos y Frutales, La Rosa, Undurraga e Sur Valles; e as empresas Blumar e AquaChile, especializadas em pescados.

Segundo Maria Julia Riquelme, diretora Comercial do Chile em São Paulo, a APAS Show permite que as empresas tenham acesso aos maiores compradores do setor de alimentos do Brasil, o que faz do evento uma oportunidade real de negócios para os exportadores chilenos, especialmente de frutos secos, produtos do mar e vinhos.

“Em 2017, as exportações de alimentos do Chile para o Brasil alcançaram a cifra de US$ 1.013 milhões, sendo recorde neste mercado”, finaliza ela, que ainda destacou o crescente interesse das empresas andinas pelo país, o que se reflete na lista de espera para a participação na próxima edição da APAS Show.

Fonte: ProChile

 

prochile_apas_1 prochile_apas_3_1