QUANDO?

DE 6 A 9 DE MAIO

Palestra de Leandro Karnal foi pautada pelo pensamento futuro para inovar no mercado

10/05/2018 - Congresso

O desafio de crescer e se manter em um mercado complexo é comum a todos os empresários e executivos. Muitos morrerão no caminho e outros tantos obterão sucesso. O que distinguirá um do outro é a estratégia, a aposta em ideias diferentes, a coragem para sair da zona de conforto e a resiliência. Fatores apontados pelo expoente historiador e professor da Unicamp, Leandro Karnal, na abertura do último dia de palestras do Congresso da APAS Show 2018.

Para diminuir o caráter aleatório que o futuro reserva, Karnal tem uma receita conhecida por muito executivos, porém, pouco praticada com sucesso.

“Quanto mais vocês forem estratégicos, mais se prepararem para o futuro, maior serão as chances de diminuir as incertezas dos dias que não conhecemos”, ensina.

Segundo Karnal, o grande desafio é se livrar da própria natureza humana. A aversão ao erro é um importante tabu a ser quebrado, uma vez que a falha é fundamental para a evolução, no entanto, precisa ser avaliada estrategicamente. Quando se faz algo diferente, sempre há chances de surgir ótimos resultados.

Por isso, evitar a mudança é outro fator a ser repensado pelos executivos. O hábito é o segundo grande defeito do ser humano. Fazer sempre as mesmas coisas é um comportamento esperado, e, portanto, fazer diferente não é usual. Por este motivo, com maior chance de trazer resultados melhores.

Por isso, Karnal destaca que é importante movimentar-se.

“No momento em que você fica parado, virá outra pessoa e passará a sua frente”.

Como inovar

Para fazer a disrupção, é necessário esforço constante.

“Não é começar a academia na segunda e depois nunca mais aparecer. É como banho: você tem que tomá-lo todos os dias, senão no dia seguinte você estará fedendo”, aponta o professor.

O foco e a estratégia são a base para tudo e o segredo é tomar as decisões corretas.

“As escolhas são livres, mas cada uma delas implica em perdas e ganhos. A mudança precisa ser constante. Não é como agronegócio, porque está mais para como cuidar de um bonsai. Todo dia é necessário regar e cortar. O que distingue um perdedor de um vencedor é a persistência e saber onde quer chegar”.

A mudança de comportamento é uma chave necessária a ser destravada, segundo o historiador. Para ele, toda aposta no novo requer perseverança e visão de todo.

“Não se pode ser tarefeiro e não adianta ter sucesso por 40 anos, uma vez que um erro fatal pode acabar com tudo. A formação passa a ser constante”, disse Karnal.

Um detalhe importante é ter em mente que o futuro não é algo distante, porém, o resultado é a médio e longo prazo. Por isso, exige uma boa estratégia para antecipar-se.

“Vivemos uma revolução provocada por este HD externo que temos em nossas mãos (o smartphone). O bilionário do futuro não vende carros e nem petróleo, vende ideias. Todos possuem oportunidades para mudar o destino nos dias de hoje. Alguns fazem curso de inglês em dois anos. Outros podem levar cinco ou 10 anos, mas todos podem”, conclui Karnal.

Clique aqui e confira a galera de fotos da palestra.