QUANDO?

DE 6 A 9 DE MAIO

Pré-candidatos à presidência e governo de São Paulo visitaram o evento

10/05/2018 - Sem categoria

40217003990_9cfdce7cc5_z (1)

A 34º edição da APAS Show 2018, realizada até 10 de maio, atraiu à atenção de pré-candidatos à presidência e governo do Estado de São Paulo. Geraldo Alckmin visitou o maior evento mundial do setor supermercadista no último dia.

“É uma alegria voltar à APAS Show, pois é o evento que reúne um setor muito estratégico e empregador”.

Durante o discurso à supermercadistas, Alckmin também abordou a política e algumas ideias do seu plano de governo.

“Quero reduzir em dois anos a dívida pública do País”, concluiu Alckmin.

Flávio Rocha (PRB) e Álvaro Dias (Partido Verde) também estiveram presentes para conhecer o maior evento supermercadista do mundo.

Segundo o candidato Flávio Rocha, ainda é preciso melhorar as políticas para diminuir as desigualdades “Se quisermos derrotar a pobreza, precisamos valorizar quem produz”, afirmou.

Além desse tema, os candidatos também focaram em temas atuais, como por exemplo, a Lava Jato.

“Todos devemos ser iguais perante a Lei, mas infelizmente, ainda não somos”, afirmou Álvaro Dias, pré-candidato à presidência pelo Partido Verde.

Pré-candidatos ao Governo

Paulo Skaf (MDB) e João Doria (PSBD), pré-candidatos ao Governo do Estado de São Paulo, foram outros políticos que estiveram na APAS Show 2018.. Durante a caminhada pelo Pavilhão do Expo Center Norte, ambos abordaram a importância do evento e do setor para a economia e a sociedade.

Segundo o candidato Paulo Skaf: “o setor é um grande empregador e que movimenta muito o nosso PIB. A prova disso é que a APAS Show é um verdadeiro showroom do setor para o mundo”, afirmou.

Já o candidato João Doria exaltou também a responsabilidade social do setor.

“É de enaltecer uma Associação como a APAS que tem esse zelo com as pessoas e com a responsabilidade social, que apoia e respalda todo setor supermercadista”, declarou.

Acompanhando o candidato Doria, esteve presente também Orlando Morando, prefeito de São Bernardo do Campo e vice-presidente da APAS.